Publicado em Deixe um comentário

Como reforçar a imunidade das crianças

Sabes como reforçar a imunidade dos teus filhos na época escolar?

A época escolar começou e tu ainda não reforçaste a imunidade dos teus filhos.

O que podes fazer nesta situação?

Terás que agir rapidamente começando por verificar tudo o que é medicação e procurar ajuda para converter esta medicação em opções naturais. Isto caso estejas disponível para fazer este caminho, porque com medicação não há melhoras, mas sim supressão dos sintomas.

Não existindo nenhum tipo de medicação e, sendo uma criança com saúde num bom nível, é necessário diminuir as suas fragilidades.

Como identificas as fragilidades dessa criança?

As fragilidades das crianças costumam resumir-se a intestino, respiratórias ou digestivas.

A criança é avaliada por um terapeuta e são feitas as adaptações de acordo com os resultados dessa avaliação, com os seus hábitos, a sua constituição e as suas reações.

Em seguida, são identificadas as tendências que tem em ficar doente e é feito um tratamento com Homeopatia. Mas apenas um homeopático para o quadro completo dos sintomas.

As questões emocionais podem diminuir a imunidade da criança?

Surgem, por vezes, problemas de saúde nas crianças resultantes dos pensamentos que as mães não verbalizam. A criança mostra evidências desses pensamentos através dos seus comportamentos.

Caso seja o primeiro ano e exista a separação da mãe, essa situação, também, pode causar debilidades.

Estas debilidades geralmente podem resultar em problemas respiratórios ou de pele, já que fazem parte do conflito de separação. Podem ser dermatites ou ranhocas.

É importante analisar estas situações, porque, muitas vezes, não é pela separação em si, mas pelos pensamentos inconscientes que a mãe tem em relação a esta separação.

A criança, age sempre em conformidade com o subconsciente da mãe. Têm a habilidade de interpretar o subconsciente, principalmente da mãe e, caso exista ansiedade, stress, autoestima baixa, falta de confiança, diálogo interior negativo, elas vão agir e ter comportamentos de saúde de acordo.

Esta condição está diretamente relacionada com a capacidade de sobrevivência inata da criança e a predisposição para observar e interpretar todo o ambiente e agir de acordo.

Este conflito de separação, que é uma questão emocional, pode ser tratada com homeopatia ou com terapia floral.

Todas as questões emocionais podem, também, ser tratadas com Terapia Floral.

Para além da homeopatia e da terapia floral, como podes fortalecer a imunidade?

Para fortalecer a sua imunidade podes, em conjunto com a Homeopatia e com a Terapia Floral, fazer uma suplementação no dia a dia, para manter os níveis de saúde da criança otimizados.

Com esta suplementação podes usar um combinado de alimentos fermentados, como a Kombubcha e o Viili, para a criança ter acesso a nutrientes essenciais e probióticos.

Isto é de extrema importância, para crianças que comem mais do que uma refeição fora de casa.

Que homeopáticos deves ter disponíveis?

Depois de analisada a criança e identificadas as suas fragilidades e os sintomas recorrentes, é organizado um Kit SOS de Homeopatia para que o tenhas sempre disponível e recorrer como primeiros socorros e, assim, ajudar o sistema imunitário a reagir, assim que necessário.

Este Kit SOS Homeopatia Familiar, exclusivo Mãe Gaia, é personalizado para toda a família, completo e com livro de instruções, para que, em caso de dificuldade de contacto, possas utilizá-lo com toda a segurança.

Sabes como usar Própolis e a sua importância para o sistema imunitário?

O Própolis ajuda a recuperar rapidamente, quando usado no início de qualquer inflamação respiratória. Ajuda no decorrer da inflamação, mas quando tomado no início, mais rápido notarás melhoras na criança.

Deves ter sempre em casa Própolis, uma tintura de alta dosagem e que contenha os flavonoides do própolis sem misturas, só simples em glicerina vegetal.

É aconselhado para qualquer idade, com a dosagem certa. Para essa dosagem certa é necessário saber as características da marca, o peso e idade da criança.

Pode, também, ser usado em determinados problemas de pele, para fazer uma ação local anti-inflamatória.

Não deve ser tomado todos os dias como prevenção.

Uma nota interessante, as próprias abelhas comem própolis para se defender de doenças e mesmo quando estão doentes.

Uma chamada de atenção muito importante. Apesar de ser possível agir rapidamente e apenas em certas alturas, deves cuidar das tuas crianças todo o ano e isso implica o contexto da consulta ou de um acompanhamento mais diferenciado e totalmente personalizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *