Publicado em Deixe um comentário

Própolis: Tudo o que precisas saber sobre esta substância

Própolis: Tudo o que precisas saber sobre esta substância

É bem provável que alguém já te tenha recomendado o uso de própolis para aliviar sintomas de constipações, doenças respiratórias e desconfortos na garganta. De facto, a substância pode ser uma grande aliada para combater estes sintomas.

Contudo, possui muito mais benefícios e pode ser utilizada para diversas finalidades por quem procura uma vida mais saudável.

Por isso, reuni todas as informações sobre esta substância, explicando como é produzida, além de ideias de utilização.

Própolis: Fica a saber porque é um grande aliado da nossa saúde

O própolis é uma substância produzida pelas abelhas a partir de resinas colhidas em diferentes partes das plantas como as flores, folhas, cascas e caule. As abelhas adicionam enzimas salivares, cera e pólen dando origem ao produto.

O aspeto é pegajoso e tem uma cor verde-escura. As abelhas utilizam esta substância para montar colmeias, como elemento de vedação e impermeabilização. Além disso, é um ponto importante para a proteção contra a infestação de fungos e bactérias.

A composição varia de acordo com as espécies de plantas das quais as abelhas se alimentam. Porém, no geral a substância é composta por:

  • 50% a 60% de resinas
  • 30% a 40% de ceras
  • 5% a 10% de óleos essenciais
  • 5% de pólen, vitaminas e minerais

Já é possível perceber o quão poderosa é esta substância, certo? Devido às propriedades biológicas do própolis, este tem sido fonte de estudo em várias áreas, nomeadamente: medicina e indústria alimentar e cosmética.

Benefícios do própolis

É uma substância que é utilizada desde a Antiguidade, com relatos da sua presença na rotina dos povos gregos e romanos. De facto, os benefícios são muitos, entre os quais podemos destacar:

  • Ação antibacteriana e antifúngica
  • Ação antioxidante
  • Ação antiviral
  • Ação anti-inflamatória
  • Proteção do fígado

Por isso, o uso está associado a diversos tipos de tratamentos, como:

  • Saúde oral: Estudos apontam que em combinação com elixires bucais é capaz de potencializar a prevenção de infeções microbianas, bem como o tratamento da inflamação das gengivas.
  • Saúde gastrointestinal: A substância também pode atuar como auxiliar no tratamento de distúrbios gastrointestinais devido às suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.
  • Controlo de glicose: Estudos também identificaram os benefícios no controlo dos níveis glicémicos em pacientes com diabetes tipo 2.
  • Cicatrização: A vitamina C, pró-vitamina A, complexo B e alguns minerais que fazem parte da composição desta substância ajudam na cicatrização.
  • Acne: Devido à ação anti-inflamatória, também ajuda no tratamento do acne quando é integrado na composição de cremes e cosméticos.
  • Combate de doenças respiratórias, gripes e resfriados: As propriedades bacterianas, antiviral e anestésica estimulam o sistema imunitário e aliviam os sintomas de gripes e resfriados.

Como utilizar

É possível utilizar o própolis de diferentes maneiras. Pode ser aplicado diretamente sobre a pele, diluído em água para ser tomado, fazer inalações de vapor e até mesmo na forma de chá.

Porém, é possível encontrar no mercado diferentes produtos à base desta substância como cremes, pomadas e loções. Também existem cápsulas e comprimidos, além do extrato líquido que facilita a ingestão.

Estes produtos podem ser encontrados e adquiridos em farmácias e lojas de produtos naturais.

Em relação à quantidade ideal, esta pode variar porque o produto possui composições diferentes de acordo com as plantas e regiões nas quais foram produzidos.

Portanto, a recomendação é sempre seguires a dose de própolis sugerida no rótulo do produto. Também é indicado consultares um médico ou um naturopata antes de usares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *