Posted on

Como ter uma vida mais calma com a ajuda de um naturopata

Como ter uma vida mais calma com a ajuda de um naturopata

Naturopatia ou medicina natural é uma forma de medicina alternativa, que atua de forma integrativa ou complementar à medicina tradicional e cujo profissional da área é conhecido como naturopata.

Muito mais do que uma simples terapia, a naturopatia engloba toda uma conceção existencial. Parte do pressuposto de que a cura de um distúrbio orgânico ou emocional não vem apenas dos mecanismos fisiológicos, mas também de algo maior.

Este “algo maior” pode ser entendido como a força vital, a qual se refere ao poder restaurador do funcionalismo corporal.

Quer saber como um naturopata pode ajudar a levar uma vida mais calma e saudável? Então acompanhe o artigo a seguir onde contamos tudo!

Naturopatia – o que é e como pode ajudar a conquistar mais qualidade de vida

A medicina naturopata pode ser entendida como uma terapia holística, ou seja, procura a causa da doença por meio da compreensão do corpo, da mente e do espírito.

Uma série de terapias e técnicas estão envolvidas, como a nutrição, a fitoterapia, a homeopatia e a acupuntura.

Existem duas áreas de foco: uma que apoia as habilidades de cura do próprio corpo e outra que incentiva as mudanças de estilo de vida necessárias para a melhor saúde possível.

Ou seja, os médicos naturopatas também estão envolvidos na prevenção da doença e na reeducação de pacientes. De seguida, explicamos um pouco mais sobre as técnicas utilizadas nessa forma alternativa de medicina.

Fitoterapia e aromaterapia

A fitoterapia é uma prática milenar baseada nos princípios ativos das plantas medicinais que trata várias doenças.

As plantas são muito valiosas graças ao conteúdo nutricional e curativo e podem ser utilizados na forma de infusão, cremes, inalação, compressas, óleos essenciais e suplementos.

As terapias com base em plantas promovem o relaxamento e auxiliam especialmente na melhoria de problemas emocionais.

Homeopatia

A homeopatia é uma forma de medicina energética usando diluições muito pequenas de plantas, minerais ou substâncias animais, a qual estimula o poder de auto cura do ser humano.

Esta terapia baseia-se no princípio de “os semelhantes curam-se pelos semelhantes”, e atualmente é efetiva a tratar doenças tanto físicas quanto emocionais.

Doses pequenas de substâncias que produzem sintomas numa pessoa saudável são ministradas a um paciente com os mesmos sintomas, e assim o corpo é estimulado para sarar sozinho.

A técnica pode promover, por exemplo, um melhor descanso para quem sofre com insónia, ajuda na digestão, oxigenação e proporciona um organismo equilibrado na sua integralidade.

Essências florais

As essências florais são extratos líquidos diluídos, contendo a energia vibracional de várias flores. Atuam nos campos energéticos do ser humano, influenciando o bem-estar espiritual, emocional e físico.

O objetivo da terapia com essências florais é equilibrar as emoções ajudando assim a melhorar vários sintomas como ansiedade e stress.

Nutrição

Os alimentos afetam as funções do corpo, alguns ajudam a curar doenças, enquanto outros danificam as atividades dos órgãos, causando enfermidades crônicas.

Enfermidades estão associadas a deficiências, excessos e intolerâncias nutricionais. Uma dieta saudável é a mais importante ferramenta para controlar o stresse, prevenir e recuperar-se das doenças.

Hábitos saudáveis

O stresse e as ocorrências da vida de cada pessoa têm um impacto muito forte na saúde.

Um naturopata irá aconselhar uma variedade de práticas que influenciam no bem-estar, tais como meditação, respiração consciente, yoga e hábitos saudáveis.

Estas práticas são capazes de contribuir para uma melhoria geral da qualidade de vida, unindo benefícios para corpo e mente, portanto, são um ponto chave na naturopatia.

Em suma os naturopatas pressupõem que ao voltar-se para si, adquirindo bons hábitos de vida e de alimentação, cuidando da mente e do espírito, consegue-se transformar padrões existenciais, manter a saúde plena e evitar doenças em geral.

É importante acrescentar que deve deixar claro ao médico quando opta por um tratamento complementar de Naturopatia. E também deve informar o naturopata se está em tratamento convencional e quais medicamentos está a usar.

Por fim, consulte sempre um naturopata antes de utilizar remédios e ervas, para que não causem uma intoxicação ou efeito indesejado em razão do uso indevido.